sábado, 7 de junho de 2008

Diabetes Mellitus II:ESTUDO:Chocolate quente pode melhorar a saúde da artéria em pacientes com diabetes tipo 2

Olá povo, encontramos em um site agora com uma boa notícia para os "chocolateiros" de plantão. Alertamos que isso é somente um estudo científico, ainda não é um confirmação. Isto é, o estudo somente indica um benefício do cacau; mas não, do chocolate em si.

Em um pequeno estudo, os investigadores mostraram que o consumo de uma grande caneca de chocolate quente pode inverter disfunções vasculares em pacientes com diabetes, sugerindo um potencial terapêutico do cacau nesta população de doentes. Os resultados são apenas os últimos de uma série de estudos mostrando as promessas cardiovasculares do cacau como alimento que contém flavanols.
Flavanols são um subgrupo de compostos derivados de fitoquímicos conhecidos como flavonóides. Vários estudos têm mostrado que alimentos contendo flavonol, incluindo o cacau, algumas frutas e legumes, chá e vinho tinto, podem ter efeitos benéficos na LDL oxidação, na agregação plaquetária, na insulina sensibilidade ,na função endotelial, e pressão arterial. "Diabéticos do tipo 2", escreve Balzer e colegas (pesquisadores responsáveis pelo estudo), "poderão receber benefício particular de flavanol-cacau, porque há muitas evidências a seu favor. Entretando, o estilo de vida são,ainda, imprencidíveis nas modificações e na prevenção da diabetes e suas complicações."
Os investigadores realizaram dois estudos: um estudo de viabilidade com 10 pacientes para determinar a dosagem adequada, de modo a avaliar a segurança e tolerância.Assim, poderiam medir o efeito da intervenção do cacau,calculando a dimensão da eficácia da amostra em estudo. Em outro, um total de 44 pacientes tratados com diabetes tipo 2 foram inscritos na pesquisa, em dupla ocultação e divido em grupos paralelos de eficácia, sendo que metade dos pacientes tiveram o tratamento de 321 mg de flavanols por dose, três vezes ao dia. O controle também recebeu alguns pacientes com flavanols, embora uma menor quantidade, cerca de 25 mg por dose, três vezes ao dia.

Reportagem modificada e traduzida do original: http://www.diabetesincontrol.com/results.php?storyarticle=5808


Alexandre Malta, Med 87

Nenhum comentário: